FiLe Festival, mostra um futuro assustador e empolgante

Tecnologia sempre foi algo que trouxe grande admiração e medo para as pessoas, temos livros, series e filmes, tentando prever como iremos lidar com tantas maquinas, algoritmos e dados coletados no futuro… talvez coisas boa vão acontecer, coisas ruins? Um futuro incerto no aguarda.

Com tantas duvidas, é normal termos um lugar para discutir e sentir o que o futuro nos aguarda, com essa ideia surgiu o FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica). A ideia é simples, reunir arte, inovação e mostrar o que está acontecendo de novo na interação homem-maquina.

O festival acumula obras do mundo inteiro, grande parte tão fantásticas que poderia ter saido de um livro de Issac Asimov ou Aldous Huxley, sim… isso não é um exagero, o FILE assusta e impressiona, vamos comentar algumas obras deles aqui, mas por mais esforço e criativo que seja esse artigo, algumas coisas ficaram tão fora da realidade que é preciso ver e sentir por se próprio.

Ao entrar nas instalações desse pequeno “admirável mundo novo”, logo de cara nos deparamos com muitos “experimentos” em realidade virtual, mas vamos vamos focar na primeira obra que visitamos a Les Trois Grace.

FILE_les_trois_graces

Essa obra é um experimento de uma empresa francesa, que mostra 3 corpos femininos lindos e perfeitos de acordo com os padrões de beleza da época vitoriana, usando realidade virtual, você pode “adaptar elas”, para o padrão de beleza que você acha mais apropriado, o que chama mais atenção é que existe um conceito de IA dentro dessa mudanças e ja existem empresas que usam os dados do “corpo perfeito”, para escanear pessoas reais e mostrar qual o melhor padrão para o corpo dela… quando você compara o resultado final com o que estava… é algo de se repensar seus conceitos.

Mais a frente, temos um instalação bem bem assustadora a Outrospectre, criado por cientistas do reino unido, é um robô que se conecta com você utilizando varios sensores e permite uma experiencia fora do corpo… isso mesmo, você vai sair do seu copo, seus olhos, cabeça, movimentos e audição, passam a ser a desse robô, você se vê saindo de seu corpo e se movimenta por breves minutos fora dele.

FILE_ Outrospectre

Ok, depois de assustados, resolvemos visitar algo mais leve… e nada como um show de robôs, imitando braços e pernas humanos, junto com musica classica e um lugar escuro par ao medo passar certo? Essa é a ideia do Vicious Circle, criado por engenheiros alemães, eles mostram como estamos muito proximos de replicar partes humanos em maquinas e até mesmo imitar muitos dos nosso movimentos, é algo que te deixa pensativo e chocado ao mesmo tempo.

FILE_Vicious_CircleFILE_Vicious_Circle_body

Seguimos em frente e precisávamos muito relaxar, com a ideia de manter a mente limpa encontramos o You Are The Ocean , você fica de frente com a projeção de um oceano, coloca um sensor na sua cabeça e pronto… você passa a controlar ele com sua mente… isso mesmo sua MENTE! Manter uma mente calma e ficado gera ondas leves, uma mente com muitos pensamentos aumenta as ondas e pensar em algo ruim gera uma tempestade. Você deve estar se pergunta se funciona, olha funcionou muito bem com todas as pessoas que testaram, perguntamos para varias se aquilo era de verdade e todas estavam boquiabertos com o resultado, nós ficamos também depois que testamos… é incrível!

FILE_You_Are_The__Ocean

Depois dessa experiencia, demos uma pequena volta pelos o corredores, encontramos tapetes de LED, salas virtuais com muita interação, lugares com cheiros e tato virtual, alguma maquina que sentiam seu coração e davam “match”, com pessoas que tinham o mesmo ritmo cardíaco que o seu e chegamos na área mais disputada do FILE, o que te leva para uma realidade completamente nova e imersiva.

FILE_led_hall

O Unlimeted Corridor  é uma instalação completa, com muitos sensores instalados pela a sala e em você ( parece que você esta usando uma roupa espacial), você anda livremente por todos os lados, escalando uma parede e andando por pontes estreitas, batendo em paredes e até mesmo sentindo tontura ou ficando sem rumo. Apesar de ser uma área virtual, você sente o vento, ouve os passos e metais, olha para todos os aspectos da cidade fantasma que você esta explorando e tateia… sim, você toca nas paredes, essa é uma das obras mais perigosas, muitas pessoas tiveram ataque de pânico ao entrar nesse mundo virtual construído com sensores e computação gráfica.

FILE_Unlimeted_Corridor_jay FILE_Unlimeted_Corridor_rick

Passear pelo FILE é se sentir em um episódio de Black Mirror, a tecnologia está lá, para qual motivo ela foi criada? o por que dela existir? como ela vai ser usada? Depende apenas da vontade do cientista ou programador que criou ela.

O FILE Festival está aberto para visitas gratuitas até o dia 12/ago, no CENTRO CULTURAL FIESP RUTH CARDOSO – Av. Paulista, 1313, São paulo, SP

Bookmark the permalink.