O diretor Brian Henson é conhecido por suas experiencia em fazer filmes de fantoches, O Conto de natal dos MuppetMuppet na ilha do tesouro e Família Dinossauro ( SIM! Aquela que passou anos na globo e tinha o Baby). Em toda a sua obra, sempre notamos pequenas alfinetadas inocentes, um pouquinho de sarcasmo e aquela lição de moral que marcava… enfim, sempre tivemos um programa para toda a família assistir junto!

Brian_Henson_set

Em sua nova obra, Crimes em Happytime, Brian deixa uma coisa clara… ele cansou de se segurar.,ele sabe que as crianças cresceram se tornaram nós! Adultos que não são mais inocentes, que vivemos com problemas reais e infelizmente marionetes cantando e dançando musicas felizes não são mais o suficiente. Por isso Crimes em Happytime tem tudo para ser a comedia do ano!

O filme faz o que se espera dos fantoches inicialmente, faz homenagens a os clássicos, mostrando um retrato caricato do que ja estamos acostumados a ver nas telas. No começo temos a voz narrativa de Phil Phillips ( um fantoche na voz de Ryan Tran), com jeitão de ex-policial que virou detive e com aquele clima de Sin City, ele narra um pouco dessa vida moderna, onde fantoches e humanos vivem em uma sociedade suja e cheia de preconceitos.

Até agora tudo ok, o filme segue  o esperado, aparece uma mocinha sexy pedindo ajuda para nosso fantoche investigador falido (Phil Phillips ) e ele aceita um caso. Aos poucos o filme vai ganhando identidade, as primeiras cenas tiram muita risada da plateia, mas quando fica claro para o publico que essa historia é para maiores de +18… ele tem nossa atenção.

Crimes_Happytime_strip_society

Após a introdução do fantoche Phil Phillips, conhecemos a detective Connie Edwards (Melissa McCarthy, que por sinal arrasou fazendo um papel parecido em As Bem-Armadas), que tem o jeitão de uma policial durona e briguenta, no começo achamos estranho a sua chegada em cena, pelo excesso de palavrões e uma cortada rápida, mas isso deve se pelo o fato de não estarmos tão acostumado a ver aqueles  fantoches fazendo coisas tão “sujas”. Depois de algumas piadas entre humanos e fantoches, tudo se encaixa, tornando o resto do filme natural e muito divertido.

Vale ressaltar que a química que a atriz Melissa McCarthy teve com todos os fantoches em cena, tratando tudo de uma maneira tão natural… é um dos grandes destaque do filme, ela não apenas é alma dessa obra, como nos faz implorar que faça parte de uma sequencia.

Melissa_McCarthy_rouba_cena_crimes_happtytown

Com cenas vulgares, piadas sem filtros e um roteiro que deixaria Seth MacFarlane ( o cara que fez Ted, American Dad, Family Guy e outros)  com inveja, Brian Henson mostra que filmes de marionetes podem sim agradar muitos adultos.

Crimes em Happytime estreia em toda a rede cinema no dia 27 de setembro de 2018, com classificação +18.