Mais um ano se passou, e em sua terceira edição, a tradicional festa para os fãs de uma boa cerveja e comida alemã trouxe uma surpresa para nós… Dessa vez a Oktoberfest São Paulo, se mudou para o JokeyClub.

No começo confesso que fiquei com o pé atrás, ja estava acostumado com as outras duas edições no sambódromo do Anhembi, e sempre tive experiencias ruins no Jokey, mas devo admitir, hoje quero que todas as edições futuras sejam lá.

Com uma organização impecável e muito trabalho, eles não apenas conseguiram criar uma replica menor da vila germânica, mas através de um pequeno gamification, ampliaram a experiencia que gira em torno do evento. Infelizmente ainda estamos em São Paulo, então sempre temo um lado comercial forte em tudo que acontece aqui, afinal patrocinadores querem resultado e não cultura.

Ok, mas funcionou esse gamefication? O que rolou no evento?

Todos os anos é tradição ter um broche oficial do evento, mas ao invés desse ano ele ser vendido ( algo que é errado), ou simplesmente dado ( como geralmente é a tradição), ele deve ser conquistado. Ao chegar no evento, todos os visitantes ganhavam um copo de chopp e um mapa com alguma medalhas em branco, o objetivo é completar as 12 medalhas pela a vila, mas cada espaço tinha um pequeno desafio a ser conquistado.

Somente depois que todos os 12 desafios foram completados, é que finalmente você ganhava seu broche especial da edição de 2019. Foi muito divertido correr por todos os espaços do evento, tivemos os mais diversos tipos de tarefas, deste fazer um video simples até atirar de arco e flecha de verdade, tudo por um conquista!

Além desse pequeno “Reality Game”, não podemos deixar de falar sobre os palcos. Diferente das edições passadas, aonde tínhamos 5 palcos diferentes espalhados pelos os cantos, esse ano foram apenas 2, um de bandas indies e outro de grandes artistas. Honestamente não foi uma escolha ruim, afinal tivemos menos poluição sonora entre as atrações.

Claro que não podemos deixar de comentar da comida e cervejas artesanais do evento, infelizmente a variedade delas era bem menor, mas mantendo a tradição tomamos todas, são boas, mas nenhuma grande surpresa… exceto pelo o valor, estavam bem abaixo se comparado com cervejas artesanais fora do evento, isso é uma grande vantagem que vale o o ingresso.

A OktoberFest de São Paulo está em sua terceira edição, ela ainda tem muito o que amadurecer, mas está ganhando forma a cada ano, seja por uma mudança de lugar ou uma seleção diferente de atrações, sem duvida ela esta melhor a cada ano!